Arquivo da tag: mulher

Um texto para chamar de meu: Menina, não se apresse!

Oi Abigas,

Tanto tempo que não escrevo um textinho para vocês, estava com saudade ♥
Escrevi com muito carinho e espero que gostem!

2016-05-16-00.12.32.png.png

Foto: Maike

Nossos sonhos somos nós que construímos!
As vezes levamos uma vida por tanto tempo, e ao longo dela percebemos que muitas coisas não fizeram sentido e não fazem. É como se estivéssemos visto o tempo passar, e de repente olhamos e vemos que passou muito tempo.
As vezes levamos uma vida que não é a nossa vida, e está muito distante da vida que queremos ter.
As vezes somos tão vitoriosos por fora, mas tão fracassados por dentro. Temos tantas idéias mirabolantes, mas nenhuma coragem de executá-las. Temos tantos sonhos, mas tão poucos planos para realizá-los.
As vezes parece que eu só escrevo sobre sonhos, de fato é, minha vida é cheia de sonhos! E eu vou confessar que penso que não vão se realizar, eu choro, eu oro, eu clamo. Deus sempre tem um cuidadinho comigo e me faz respirar e acreditar em um amanhã.
Não digo que não deixo de trabalhar, não deixo de correr atrás, mas é um equilíbrio. Ao mesmo tempo que trabalho, eu sonho, ao mesmo tempo que realizo coisas boas, eu sonho mais alto ainda, e quando eu estou fraca, eu entrego nas mãos Dele.
As vezes chegam coisas tão inesperadas nas minhas mãos, que eu só tenho a agradecer. E eu fico ensaiando testemunhos sozinha, para que depois possa renovar a fé das pessoas. Ninguém sabe o que você passou, e se sabe, sabe pouco. Cada pessoa é um poço cheio de histórias e nem sempre tão boas assim, mas que a fizeram ir lá no fundo e resgatar aquele pouquinho d’água e beber, para ter força para se reerguer, mais forte, mais viva, com mais fé, com mais coragem, com mais força, com mais experiência, com mais maturidade, com mais de você!
Sabe aquela paz que te faz sorrir em meio a dificuldade? Hoje posso dizer que tenho! Não reclame das suas circunstâncias, elas farão você!
Forte, linda, poderosa, chorona, sensível, amorosa, nervosa, feliz, frágil, mulher.
Cada guerra é uma guerra, mas lembre-se que uma guerra é feita de batalhas, e se você perdeu uma não significa que seja o fim. Não pare, avance! Você sempre pode fazer mais, mesmo que pense que não tenha mais forças!
A recompensa vem, ah se vem! Um dia irei contar esses testemunhos ensaiados e vocês verão que ela vem, que quem semeia, colhe, quem trabalha conquista, e quem faz com amor, recebe o bem. Podem ser hoje vitórias pequenas comparadas ao que você precisa, mas lembre-se, seja feliz e fiel ao pouco, pois no muito você saberá ser também. Seja humilde e tenha caráter, não passe por cima de ninguém, e assim você conquistará o que é seu. Não fale dos injustos, eles estão cultivando a sua própria ruína, mesmo que hoje pareça vitória. Olhe para você, siga seu caminho, ame o próximo, faça o melhor que puder, assim você verá uma nova perspectiva!

Beijo Abigas ♥

Anúncios

Como é ser mulher?

Oi Abigas,

Para acalentar nossa noite de segunda feira venho mostrar para vocês uma série de ilustrações da artista Agustina Guerrero que demonstram como pode ser divertido, complicado e muitas vezes bizarro ser mulher!! hahaha Mas é tão gostoso né?
No final me digam o que acham e se concordam, tá bom?

2016-03-14-18.27.15.png.png

2016-03-14-18.25.40.png.png2016-03-14-18.24.16.png.png2016-03-14-18.22.27.png.png2016-03-14-18.28.00.png.png2016-03-14-18.26.23.png.png2016-03-14-18.24.52.png.png2016-03-14-18.23.18.png.png

 

Gostaram? É bom para descontrair nessa segunda e começar a semana com um pouco mais de humor! As que mais se parecem comigo são a do telefone na bolsa e da discussão! E vocês?

Beijo Abigas ♥

 

 

 

Um texto para chamar de meu: Sobre relacionamentos e amor!

Oi Abigas,

Eu gostaria de falar de amor, mas acordei muito agitada, mas mesmo assim vamos tentar!
Ontem postei no Instagram ~segue lá: @blogabigasdacarol~ uma foto e a legenda dizia o seguinte:

images.jpg

“O Amor é paciente, o amor é bondoso, não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.” I Corintios 13: 4-7

Esse capítulo 13 de Corintios é um dos meus preferidos! E estive refletindo, além de ser lindo e poético, mostra como as vezes ou sempre, podemos ter dificuldades, e o quão é difícil lidar com as dificuldades. Não estou querendo ser machista ou nada, mas sabemos que as mulheres tem que ter muito jogo de cintura em determinadas situações. Não estou dizendo que somos as únicas responsáveis por evitar brigas, ok?! Quero dizer por sermos mais sensíveis, temos essa aptidão!! Concordem ou discordem nos comentários, rs
Voltando ao meu ponto principal, como a vida pode mudar e como os relacionamentos sobrevivem a isso. Ontem eu ouvi um testemunho sobre um ex drogado, e ele falando que a esposa o ajudou muito a ter uma nova vida, a se comportar diferente, a ser uma pessoa melhor, a passar necessidade sem reclamar, a incentivar o seu trabalho, a ser uma ajudadora mesmo. E me veio na cabeça “A mulher sábia edifica a sua casa”
Nos tempos que conquistamos tantas coisas boas e positivas, como a liberdade de expressão, como o trabalho, como a independência financeira, como tantas coisas que ainda temos de conquistar, fico me perguntando se eu perdi essa essência. Essência no modo de lidar com as dificuldades. Fiquei imaginando: Será que eu conseguiria?
Eu levo o casamento muito a sério, apesar de não ser casada ainda, eu sou da antiga e quero casar uma vez só. Não que eu esteja livre de uma separação, mas eu penso que quero fazer tudo para que dê certo. Acho que por ser filha de pais separados, isso me marcou de formas negativas e positivas, esse lado de sustentar o relacionamento é o lado positivo, e o lado negativo é a dificuldade de uma separação e tantas arestas que esse lado contém. Não sei se aqui tem leitoras separadas ou filhas de pais separados, e podem me dizer isso também.
Bom falei de tantas coisas, mas quero chegar no ponto de resgatar coisas que foram perdidas, como a nossa sensibilidade como mulher, o nosso lado doce e o nosso lado mais compreensivo. Isso não anula que os homens também precisam ser compreensivos e carinhosos, afinal o relacionamento são 2, mas hoje estou falando da nossa parte.
As vezes eu penso, poderia ter evitado isso, poderia ter feito de uma forma diferente, mas eu quero ser o meu melhor lado sempre! A mulher do testemunho me inspirou muito e fiquei imaginando quanta coisa ela passou e eles se amam até hoje. Fiquei refletindo também até que ponto o amor sustenta uma relação, será que ele sustenta?! Uma coisa eu percebi, foi o modo de como ela trabalhou o amor que sustentou aquela família. Acho que respondi a minha questão. rs
Quero que me respondam. O amor cura todas as coisas? Isso é possível?
Eu não sei se tem pessoas prestes a se separar, eu digo pra você, é tão difícil quanto estar junto! Eu sei que de fora é muito fácil falar, eu não conheço “ele”, mas vamos tentar nos conhecer? Será que eu sou a mesma de antes ou sou uma versão melhor?
Ontem vi um filme e todos falavam que quando casa, piora. Sim, eu acredito que as dificuldades aumentam, afinal duas pessoas diferentes dentro de um mesmo teto ~veja o BBB~
Voltando ao filme, era claro as dificuldades e defeitos do casal e era claro que ali poderia acontecer uma separação, mas o amor foi a chave para aceitar os defeitos. Não que a gente deva viver com Síndrome de Gabriela “Eu nasci assim, vou morrer assim”, mas podemos aceitar alguns defeitos e outros muitos podemos melhorar. É ceder!
Quero que com esse texto cheio de dúvidas, perguntas, questionamentos e pensamentos incompletos dizer hoje, para tentarmos ser melhores, como mulher, como esposa, como filha, independente do outro, por você! Ser uma mulher sábia e todos os significados que sábia possa agregar.

Bom Abigas, acho que muitas podem discordar de mim, mas foi isso que meu coraçãozinho trouxe para vocês hoje! Obrigada por virem aqui!

Beijo Abigas ❤

%d blogueiros gostam disto: